TOUR DE 2 DIAS EM OLHÃO - UMA CIDADE DE PESCADORES, OLIVAIS E ILHAS

 1º Dia

Chegámos ao 27º dia do nosso Tour no Algarve, e estamos a viajar para oeste, ao longo da costa, para iniciarmos o Tour de 2 dias em Olhão. Bem-vindos a Olhão, uma cidade de pescadores, olivais e ilhas. Cercada pelo estuário da Ria Formosa, Olhão é conhecida pelo seu porto de pesca, bem como pelas suas praias de ilhas paradisíacas. 

Vim pela Auto Estrada desde Tavira, e fui diretamente para o mercado local de Olhão. Assim que me aproximei da zona costeira, o mercado destacou-se, imediatamente, de todos os edifícios pintados de branco à sua volta, pois foi construído com tijolos vermelhos e cúpulas verdes.  Um lado do mercado é composto por bancas de frutas e vegetais, o outro destina-se, unicamente, à venda de peixe e frutos do mar. No exterior, à volta do mercado, existem vários cafés e bares, e nas docas podemos ver os coloridos barcos de pesca atracados.

Sai do Mercado e fui até ao centro da cidade para visitar a Igreja de Nossa Senhora do Rosário. No interior da Igreja podemos ver altares dourados e pinturas feitas à mão que adornam o teto. Nas traseiras da Igreja, encontrei uma pequena, mas charmosa capela, decorada com paredes de azulejos azuis e brancos.

Em seguida, visitei o Museu Municipal de Olhão. O piso térreo do museu apresentava uma variedade de artefactos ligados à história da cidade, enquanto o último andar tinha mais informações sobre as tradições de pesca de Olhão.

Queria fazer uma caminhada antes do almoço e, graças à equipa da Algarve Lifestyle, conheci o local onde ir - a Quinta de Marim. Fui “apresentado” pela primeira vez ao Parque Natural da Ria Formosa quando cheguei a Faro, mas a sede do parque é na verdade em Olhão na Quinta de Marim. Depois de estacionar o carro perto da entrada, fui ao centro de visitantes e comprei o meu bilhete de entrada.

Segui as setas para a trilha da natureza e em poucos minutos estava cercado por florestas, dunas e lodaçais. Ao longo do caminho, encontrei um velho moinho e subi para apreciar as vistas do estuário. Demorei cerca de duas horas para terminar a caminhada, que terminou no centro de visitantes.

Para a parte da tarde, a Algarve Lifestyle reservou-me um passeio pelas ilhas que partia de Olhão, perto do Real Marina & Spa Hotel. O tour estava marcado para as 12h45, então corri para o porto de embarque e fui o último passageiro a embarcar.

A primeira paragem do passeio foi na Praia do Farol, uma pequena praia com um imponente farol vermelho e branco. Depois, navegámos um pouco mais para o centro da Ilha da Culatra e parámos para almoçar. O almoço não estava incluído no passeio, então aventurei-me e comi num dos restaurantes locais. Surpreendentemente, a ilha tinha muitas lojas e restaurantes, por isso houve muito para ver durante a pausa para o almoço.

Depois do almoço, visitámos a última ilha, a Ilha da Armona, e ficámos por lá um tempo, desfrutando da brisa fresca e da areia macia a acariciar os nossos pés. Chegámos a Olhão por volta das 16h45 e como ainda era cedo para o jantar, decidi dar um passeio ao longo da orla para passar o tempo.

Acabei por comer um delicioso bife Angus no restaurante Barra Prime e depois fui de carro até à vila de Moncarapacho.

A Algarve Lifestyle reservou-me duas noites na Vila Monte Farm, uma quinta pitoresca escondida entre árvores cítricas e olivais. Eu estava absolutamente exausto quando cheguei à quinta, então fui direto para o meu quarto descansar.

Mapa do percurso do 1º Dia do tour em Olhão





Início do Tour no Algarve | Dia Anterior do Tour no Algarve Tour no Algarve  - 28º Dia